quinta-feira, 26 de maio de 2011

Mas afinal o que é Astrofísica?


Blue Sun
Astrofísica é o ramo da Astronomia que lida com a Física do Universo, incluindo suas propriedades físicas (luminosidade, densidade, temperatura,composição química) de objetos astronômicos como estrelas, galáxias e meio interestelar, e também das suas interações. Na prática, pesquisas astronômicas modernas envolvem uma quantia substancial da Física teórica e experimentos práticos.
A Astrofísica não deve ser confundida com a Cosmologia, esta se ocupa da estrutura geral do universo e das leis que o regem num sentido mais amplo, embora sob muitos aspectos ambas seguem um caminho paralelo, algumas vezes considerado redundante.
A Astrofísica além de determinar as constantes universais, é o ramo da física que demonstra a natureza dos corpos celestes através de instrumentação científica.
A razão da determinação de parâmetros tem fundamental importância sobre a busca do conhecimento a todos os eventos universais. Não se pode dissociar o espaço-tempo em tempo e espaço, da matéria e da energia, e estes sim são mensuráveis.
Perguntas da Humanidade sobre os Cosmos:
Qual é a idade do universo e das estrelas que o compõe? Sua composição? Como sabemos se as estrelas estão consumindo seu combustível e a que velocidade? O efeito da gravidade pode desviar a luz e distorcer o espaço?
Como a Astrofísica costuma responder:
Fazendo-se uma análise espectrográfica através do espectrofotômetro de absorção atômica temos como verificar se um astro está se movendo, em que direção e velocidade. Podemos saber se existe um desvio da luz causado pela gravidade de algum corpo próximo, a composição das estrelas e dos gases que estão dispersos, entre estas e o instrumento que faz a medição. Sempre quando verificamos o espectro de uma estrela, observamos que suas linhas espectrais desviam para o vermelho. Isto se dá, porque ela está se afastando, ao contrário, se estiver se aproximando, o desvio será para o azul. As falhas devido à absorção atômica indicam sua composição. A distância entre linhas espectrais indica vários parâmetros, inclusive a presença de gases e poeira entre a estrela e a Terra.
Outros exemplos de instrumentos usados em astrofísica são os aceleradores de partículas, entre outros equipamentos, estes podem determinar a composição inicial de nosso universo e o comportamento das partículas elementares ao nível de microcosmo.
O telescópio óptico, o radiotelescópio, entre outros, também são exemplos do uso de instrumentação física experimental para a análise e dedução de parâmetros de corpos estelares.

8 comentários:

Bárbara Ignácio disse...

Olá, me chamo Bárbara e sou amante da astrofísica... fiz o blog sobre astrofísica e achei muito inspirador, parabéns, gostaria de lhe conhecer pois pareço que estou sozinha nesse mundo de se interessar por astrofisica, aguardando resposta... meu gmail é barbaraif98@gmail.com

Anônimo disse...

ola me chamo vanessa , vc nao estar sozinha não também gosto muito de astrofísica é muito bom.......

Anônimo disse...

Você pode ter absoluta certeza de que não esta sozinha eu também gosto de astrofísica

Anônimo disse...

"tamojunto"

Meu nome é Paulo César Zoz da Silva.

Abraços.

Anônimo disse...

Tenho 14 anos, mais tenho um sonho de quando terminar meus estudos quero fazer faculdade de Astrofísica...Sempre buscar conhecimentos sobre o espaço!!!

Anônimo disse...

Não está sozinha nessa não,amo astrofísica

Osmar Cesar Pires disse...

Ilustríssimo Senhor (a) estou promovendo o meu livro Orbe Teorum .
Através do https://orbeteorum.blogspot.com/, com o nome do livro, o livro contem novas teorias sobre formação das galáxias e dos sistemas planetários e como a vida surgiu na Terra, com um novo enfoque topológico e metodológico de campos de partículas.
Meus agradecimentos
Atenciosamente
Osmar Cesar Pires

hérica BD disse...

Eu amo Astro-física tenho 13 anos de idade e já tenho expectativas para o futuro como estudar fora do Brasil ,e eu já estudo astronomia e física para no futuro eu me dar bem.